Total de visualizações de página

23 de ago de 2007

VIRUS MARBURG TRANSMITIDO POR MORCÊGOS, NA ÁFRICA

SCIENTIFIC AMERICAN – 22 de agosto de 2007
WASHINGTON (Reuters) [BILINGÜE]
(INGLÊS) Fruit bats that roost in caves are apparently the source of Marburg virus, which causes a deadly hemorrhagic fever related to Ebola virus.
(PORTUGUÊS) Morcêgos frugívoros que se abrigam em cavernas são claras fontes do virus Marburg, que causa febre hemorrágica mortal, aparentado do virus Ebola.
(INGL.) Tests of 1,100 bats of various species turned up the virus in only one common species of fruit bats, Rousettus aegyptiacus, the team at the U.S. Centers for Disease Control and Prevention, at the Medical Research Institute in Franceville, Gabon, and elsewhere reported. "These Marburg virus-positive bats represent the first naturally infected non-primate animals identified," they wrote.
(PORT.) Testes com 1.100 morcêgos de várias espécies revelaram o virus em somente uma espécie comum de morcêgos frugívoros, segundo reportado pela equipe dos Centros dos EE.UU. para Contrôle e Prevenção de Doenças, do Instituto de Pesquisa Médica, em Franceville, Gabão. “EsteS morcêgos "virus-Marburg positivos" representam os primeiros animais identificados não-primatas, infectados”, disseram os pesquisadores.
(INGL.) The study, published in the Public Library of Science journal PLoS ONE, suggests that Marburg may be more common than previously thought. "Furthermore, this is the first report of Marburg virus being present in this area of Africa, thus extending the known range of the virus," the researchers wrote.
(PORT.) O estudo, publicado no periódico PLoS ONE da Biblioteca Pública de Ciência, sugere que Marburg possa ser mais comum do que antes se pensava. “Além disso, este é o primeiro relato do virus Marburg estando presente nesta área da África, portanto estendendo o alcance conhecido do virus”, afirmaram os pesquisadores.
(INGL.) The World Health Organization said last week that Uganda had contained an outbreak of Marburg fever among gold miners there after two men became infected and one died.
(PORT) A Organização Mundial de Saúde disse na semana passada, que em Uganda tinha ocorrido um surto de febre de Marburg entre mineiros, após dois mineiros da mineração do ouro, terem se infectado e um deles ter morrido.
(INGL.) A major outbreak of Marburg occurred among gold miners in the Democratic Republic of Congo between 1998 and 2000, killing 128 of 154 people infected. An outbreak that started in Uige, Angola, in 2004-05 killed 348 people out of 386 cases.
(PORT.) Um surto maior de Marburg ocorreu entre mineiros da mineração do ouro na República Democrática do Congo, entre 1998 e 2000, matando 128 das 154 pessoas infectadas. Um surto que começou em Uige, Angola, em 2004-05, matou 348 pessoas entre 386 casos.
(INGL.) There is no vaccine or specific treatment for either disease, which cause a severe headache and fever followed by rapid debilitation. Death can follow within eight to nine days. The study suggests that controlling these bats may help reduce the threat.
(PORT.) Não há vacina nem tratamento específico para qualquer dessas doenças [Marburg e Ebola], que causam uma dor de cabeça violenta e febre, seguido de rápida debilitação. Morte pode vir em seguida, dentre de oito ou nove dias. O estudo sugere que controlando-se estes morcêgos poderá ajudar a reduzir essa ameaça.

Nenhum comentário: