Total de visualizações de página

15 de jan de 2015

SE NÃO CHOVER...ONDE "O GOVERNO QUER QUE CHOVA"...TUDO VAI PIORAR!!!

Presidente da Sabesp diz que 'é possível' Cantareira secar em março

Jerson Kelman diz que ordenou reduzir ainda mais retirada de água.
Sistema opera com 6,3% da capacidade nesta quarta-feira (14).


[Reproduzido de g1.globo.com]


Nível cai nos 6 sistemas de represas que abastecem a Grande São Paulo

Falta de chuvas pôs fim a dois dias de estabilidade no Cantareira.
Três sistemas não registraram nenhuma precipitação nesta segunda.

O nível dos seis conjuntos de reservatórios que abastecem a Grande São Paulo caiu nesta segunda-feira (12), informa a Sabesp. No principal deles, o Cantareira, que atende a 6,5 milhões de pessoas, a falta de chuvas interrompeu dois dias de estabilidade e o volume baixou de 6,6% para 6,5% desde domingo.



Entre os demais sistemas, a maior queda em pontos percentuais foi registrada no Rio Claro, que recuou de 27,9% para 27,5%.

Com exceção da represa Guarapiranga, onde caíram 17,8 milímetros de chuva entre domingo e esta segunda, não houve precipitação significativa em nenhum manancial que abastece a Região Metropolitana.

No Cantareira, trata-se da sexta queda no mês, que começou com um volume de 7,2%. O acumulado de chuvas nos mananciais do sistema em janeiro é de 18,1% do previsto para o mês.

Confira os níveis dos outros reservatórios dos sistemas que abastecem municípios do estado de São Paulo registrados:

Alto Tietê: caiu de 11,4% para 11,3%;
Guarapiranga: recuou de 39,5% para 39,2%;
Alto Cotia: caiu de 30,3% para 30,2%;
Rio Grande: recuou de 70,6% para 70,3%;
Rio Claro: caiu 27,9% para 27,5%.

Perda foi de quase meio trilhão de litros 
O Cantareira terminou 2014 sem recuperar 492 bilhões de litros de água perdidos durante os 12 meses. O ano começou com o nível do reservatório em 27,2% e terminou com 7,2%.

Porém, com a utilização das duas cotas do volume morto (a primeira elevou o manancial em 18,5 pontos percentuais e a segunda em 10,7 pontos percentuais) é como se os reservatórios tivessem iniciado 2014 com um volume acumulado de 56,4%. Assim, a queda foi 49,2% durante o ano, o número representa 492 bilhões de litros. De acordo com estimativas da Sabesp, o reservatório tem capacidade de armazenar 1 trilhão de litros, quando está com 100% do seu nível.

Segundo a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), o sistema abastece atualmente 6,5 milhões de pessoas na Grande SP.

[...]

Nenhum comentário: