Total de visualizações de página

23 de out de 2014

EM GANA NÃO HÁ EBOLA, EMBORA CERCA DE 100 MIL MORCEGOS FRUGÍVOROS SEJAM COMIDOS POR ANO, COMO CARNE DE ANIMAL SELVAGEM, PELA POPULAÇÃO HUMANA


Em Gana,  os morcegos frugívoros testaram positivo para anticorpos contra o vírus do Ebola e henipaviruses, servindo assim, como um reservatório natural para o Ebola - e são utilizados como carne pelos humanos.

Autores:


Em dois estudos recentes realizados em Gana, reportamos quantas pessoas caçam morcegos para comida e dinheiro. Estimamos que mais de 100.000 morcegos frugívoros, especificamente o "palha colorido", são caçados a cada ano. A carne de morcego é importante fonte secundária de proteínas para os caçadores e as suas famílias, especialmente quando outras fontes tais como peixe ou antílope são escassos. Carne de morcego também alcança um preço bastante elevado em mercados, complementando a renda muitas vezes inconsistente de um caçador.

De todas as espécies de animais selvagens,  os morcegos apresentam questões complexas. O segundo mais diverso grupo de mamíferos depois de roedores, acolhem mais de 65 patógenos humanos conhecidos, incluindo o vírus Ebola, o coronavirus (a causa da SARS), o henipavirus (que pode causar encefalite mortal em seres humanos) e o vírus da raiva.

Os morcegos são um dos grupos de mamíferos mais vulneráveis à caça excessiva e destruição de habitat. Eles proporcionam indispensáveis funções ecológicas, tais como controle de pragas por morcegos que comem insetos, polinização e dispersão de sementes. 
A perda de morcegos, seja pela de caça ou controle de doença,quase certamente teria consequências de longo alcance e longa duração ecológicas e econômicas.

Nenhum comentário: