Total de visualizações de página

12 de dez de 2013

ACREDITEM: DOENÇAS TROPICAIS AFETAM MILHÕES DE PESSOAS NOS ESTADOS UNIDOS


[BILINGUE]
INGL.: Millions of US citizens suffer from neglected tropical diseases that most doctors there have barely heard of, linked to both poverty and the warming climate
PORT.: Milhões de americanos sofrem de doenças tropicais negligenciadas sobre as quais,  a maioria dos médicos de lá, mal ouviram falar, ligadas à pobreza e ao aquecimento do clima

Port.: "Querem consertar a desigualdade nos Estados Unidos? Comecem com comprimidos de vermífugos"
Ingl.: WHEN the letter arrives, it must come as a shock. Would-be blood donors are politely rejected because they've tested positive for a deadly tropical infection – and their doctors aren't much help. Kristy Murray at Baylor College of Medicine in Houston, Texas, recalls one doctor telling a patient: "The test is wrong. That disease doesn't exist in the US!"
Port.: Quando a carta chega, ela vem como um choque. Pretensos doadores de sangue são educadamente  rejeitados porque apresentaram resultado positivo para uma infecção mortal tropical – e seus médicos não são de muita ajuda. Kristy Murray do Baylor College of Medicine em Houston, Texas, recorda-se de um médico dizendo a um paciente: "O teste está errado. Essa doença não existe nos Estados Unidos"!
Ingl.: But an estimated 330,000 US citizens, and possibly as many as a million, carry the parasite that causes Chagas disease. It is a chronic, silent infection that leads to lethal heart or gut damage in 40 per cent of cases. It is the most common parasitic disease in the Americas, and it can be treated – if the doctor is aware of it. Most US doctors aren't.
Port.: Estima-se que 330.000 dos cidadãos dos Estados Unidos e possivelmente até 1 milhão, carregam o parasita que provoca a doença de Chagas. É uma infecção crônica e silenciosa que leva a dano letal do coração ou intestino em 40% dos casos. É a mais comum das doenças parasitárias nas Américas, e pode ser tratada – se o médico está ciente disso. A maioria dos médicos dos EUA não está.
Ingl.: Then there are intestinal worms, a chronic infestation that spreads in faeces and drains energy and nutrients from children across Africa. Cases aren't supposed to occur in rich countries. Yet Toxocara canis, an intestinal worm that can cause asthma and epilepsy, is carried by 21 per cent of black people in the US – compared with 31 per cent of people in central Nigeria.
Port.: E há os vermes intestinais, uma infestação crônica que se dissemina pelas fezes e esgota energia e nutrientes das crianças na África. Casos que não se supõe ocorrer nos países ricos. E ainda, a Toxocara canis, um verme intestinal que pode causar asma e epilepsia, infecta 21 por cento dos negros nos Estados Unidos - comparado com os 31 por cento das pessoas na região central da Nigéria.
Ingl.: "It's so sad," says Peter Hotez of Baylor College of Medicine, who founded the US's first dedicated school of tropical medicine in 2011. He estimates that Chagas, worms and other diseases typically associated with the developing world could afflict some 14 million impoverished people in the US.
Port.: "É muito triste", diz Peter Hotez do Baylor College of Medicine, que fundou a primeira escola de medicina tropical dos Estados Unidos, em 2011. Ele estima que a doença de Chagas, verminoses e outras doenças tipicamente associadas com o mundo em desenvolvimento afligem cerca de 14 milhões de pobres nos Estados Unidos.
Ingl.: "They are called neglected tropical diseases," says Hotez. "But in reality, this is about poverty, not climate." Worryingly, both situations are getting worse.
Port.: "Elas são chamadas de doenças tropicais negligenciadas", afirma Hotez. "Mas na realidade, isto diz respeito à pobreza, e não ao clima".
Ingl.: In recent years the world has begun to take notice. In 2000, the United Nations Millennium Development Goals highlighted the impact of neglected tropical diseases (NTDs) on economic development, and last year member countries of the World Health Organization pledged to eliminate or control 17 of the worst of them.

Port.: Nos últimos anos, o mundo começou a tomar conhecimento. Em 2000, os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, das Nações Unidas destacou o impacto das doenças tropicais negligenciadas (DTN) no desenvolvimento econômico, e no ano passado, países membros  da Organização Mundial de Saúde se comprometeram a eliminar ou controlar 17 das piores delas.

Nenhum comentário: