Total de visualizações de página

16 de jan de 2014

SUSTENTABILIDADE COMEÇA CEDO NA VIDA: ALÉM DE POSSÍVEL, É BEM MAIS FÁCIL

[Reproduzido de  http://portugues.tnc.org/nossas-historias/destaques/casa-familiar-rural.xml]


Plantando conhecimento e colhendo conservação

Em São Félix do Xingu, sustentabilidade se aprende na escola.

casafamiliarrural-490x250
casafamiliarpullimage-200x300
"A gente vem de uma tradição em que nossos pais desmatavam as propriedades para criar gado. Por meio das aulas, a gente pôde aprender a ter uma outra visão sobre a nossa própria terra."
Helio Gomes
Aluno da Casa Familiar Rural em São Félix do Xingu
Por Erik Lopes
“A gente pode fazer a nossa parte, conservando mais e repassando para a nossa família o que aprendemos aqui.” É o que diz Wanderson Barbosa, um dos alunos da Casa Familiar Rural em São Félix do Xingu, no sul do Pará. O município, com o dobro do território do estado do Rio de Janeiro, hoje é recordista de redução da derrubada da floresta e luta para sair da lista negra do desmatamento feita pelo Ministério do Meio Ambiente.
Na Casa Familiar Rural, além de cursar o ensino fundamental e médio, os estudantes aprendem técnicas para potencializar a produção nas propriedades de suas famílias, tanto na lavoura quanto na criação de animais. Funcionando sem vínculo com o governo, as atividades da Casa são financiadas pela própria comunidade e pela venda do que é produzido pelos alunos na escola.
O modelo de ensino das Casas Familiares, espalhadas ao redor de diversos países, é baseado na pedagogia da alternância, na qual o aluno passa uma semana em regime integral na Casa e duas semanas na propriedade rural de sua família, colocando em prática o que aprendeu. Assim, além de aprender técnicas de agricultura, pecuária e gestão de propriedades rurais, o aluno pode ajudar na produção da família e difundir conhecimento entre seus parentes e vizinhos.
A TNC tem apoiado algumas iniciativas da Casa Familiar Rural de São Félix do Xingu, além de trabalhar junto com as famílias de vários dos alunos nos projetos do município. Um dos resultados da parceria foi o Curso Introdutório Sobre Mudanças Climáticas e Florestas, realizado em agosto, com o apoio da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID).
Rosely Dias, diretora da Casa Familiar Rural em São Félix, afirma que, apesar da importância do trabalho realizado pela escola para a educação e movimentação da economia da cidade, a escassez de recursos é um dos problemas enfrentados para ampliar a abrangência das iniciativas da Casa. Por isso, em uma nova fase do trabalho em São Félix do Xingu, com apoio da Agência Norueguesa de Cooperação para o Desenvolvimento (NORAD), a TNC dará apoio técnico e financeiro para suas ações.
Dando suporte e qualificação a pequenos produtores da região, o projeto “Famílias da Terra: Agricultura e Floresta” tem foco no trabalho com os agricultores familiares, segundo o CONAB, os maiores responsáveis pela produção dos alimentos que abastecem a mesa dos brasileiros, mas que ainda causam uma importante taxa de desmatamento na Amazônia. Com o suporte é possível fazer com que os territórios sejam aproveitados de maneira mais eficaz, aumentando a produção agrícola e diminuindo a pressão sobre a floresta.

Nenhum comentário: