Total de visualizações de página

13 de out de 2015

DUAS NOTÍCIAS SOBRE ECOSSISTEMAS DE FLORESTA AMAZÔNICA NO ESTADO DO MARANHÃO

Maranhão é o estado com maior número de queimadas em 48h

O Maranhão é estado brasileiro com maior quantidade de queimadas com 2.474 casos registrados em outubro. Os número representa um terço de casos registrados no mês de setembro que terminou com 6.423 ocorrências. O clima seco e as altas temperaturas desta época do ano agravam os focos de incêndio.

Das dez cidades que mais registraram focos de incêndio em todo o país, seis são maranhenses.

2) Reportado por http://amazonia.web1325.kinghost.net/2015/10/em-26-anos-maranhao-destruiu-241-mil-km%C2%B2-de-floresta-amazonica/

Em 26 anos, Maranhão destruiu 24,1 mil km² de Floresta Amazônica


Quase 130 mil Maracanãs de Floresta Amazônica foram destruídos nos últimos 26 anos no Maranhão. Os dados são do Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal (Prodes), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), que faz o monitoramento da floresta por satélite. São, ao todo, 24.195 km² de área desmatada no período.
De 1988 a 2014, desde que o projeto monitora o desmatamento na região, foram 407.675 km² de floresta devastados em toda a Amazônia Legal. No ranking do período, o Maranhão fica em quarto lugar, atrás de Mato Grosso (138.316 km²), Pará (137.981 km²) e Rondônia (55.455 km²).
A área desmatada é equivalente a pouco mais que o território do Estado de Sergipe, que possui 21,9 mil km², como destaca Luis Eduardo Maurano, tecnologista do Programa de Monitoramento de Queimadas da Divisão de Processamento de Imagens Programa Amazônia, ligado ao Inpe.

[...]


Nenhum comentário: