Total de visualizações de página

11 de dez de 2012

NOVA ESTIMATIVA DE SEQUESTRO DE CARBONO NOS ESTADOS UNIDOS


O USGS-United States Geological Survey  (Levantamento Geológico dos Estados Unidos) realizou novas estimativas sobre o papel dos ecossistemas da costa oeste norte-americana no sequestro do carbono atmosférico. Eis alguns resultados:
Florestas, pastagens e vegetação arbustiva na região Oeste sequestram 91 milhões  de toneladas de carbono, anualmente; uma quantidade equivalente para contrabalançar a quantidade de carbono emitida pelos 83 milhões de veículos de passageiros que por lá circulam. A maior parte desse sequestro, 90 por cento, é feita por plantas dos ecossistemas terrestres e 10% pelo ecossistema aquático.




Pesquisadores do USGS estimaram que as florestas são responsáveis pela absorção de  70 por cento do carbono emitido, embora elas só cubram 28 por cento da área total. As pastagens e vegetação arbustiva, cobrem 60 por cento da área total e absorvem 23 por cento do carbono. As terras agricultáveis cobrem  6 por cento da área total e absorvem 4,5 por cento, e as "wetlands" (brejos) cobrem menos de 1 por cento e absorvem quantidade relativamente insignificante.
Outros dados são apresentados sobre queima de vegetação nativa e emissão de CO2 por ecossistemas aquáticos  no "site" www.usgs.gov, sendo evidenciada nesse estudo a grande importância das florestas no sequestro de carbono atmosférico.
Ainda afirmam os pesquisadores que o fogo na vegetação nativa contrabalança com 13 por cento do sequestro anual do carbono , mas que tal quantidade poderá aumentar para 31 por cento futuramente.


Um comentário:

Vera Lúcia Santos disse...

gostei muito da informação, gostaria de ter acesso à fonte original da pesquisa.