Total de visualizações de página

7 de mai de 2013

GRÁFICO DA INFLUÊNCIA DE FATORES AMBIENTAIS SOBRE TAXA DE CRESCIMENTO DE ANIMAIS

Vejamos agora um gráfico tridimensional, com três eixos (x,y,z) representando as influências de umidade (eixo x) e temperatura (eixo y) sobre a taxa de crescimento  (eixo z) de dois besouros, que crescem comumente em farinha de trigo [reproduzido de RICKLEFS, R.E. (2007) The economy of Nature. 5th ed. W.H.Freeman, New York, 550p.].

Observar:
1) A taxa de crescimento aumenta, em função das variáveis umidade e temperatura.
2) A taxa de crescimento  de C. oryzae [acompanhe a linha que vai dando contorno à "montanha alaranjada"]  começou a aumentar a partir de uns 5 graus Celsius [ponha uma régua paralela ao eixo da umidade e vá acompanhando a subida da linha] atingindo seu valor mais elevado (o "pico da montanha alaranjada") próximo de 30 graus Celsius. E a taxa de crescimento da espécie R. dominica começou a se elevar a partir de 10 graus Celsius (acompanhe a linha da "montanha azulada") alcançando o pico a mais de 35 graus Celsius.
3) Quanto aos valores de umidade em que os besouros mais se beneficiaram, observe-se que:   há uma faixa de umidade em que ambos os besouros se beneficiaram, entre 8% e 12%.
Portanto, ambas as espécies de besouros necessitam de alta temperatura para melhor se desenvolverem, tendo a espécie R. dominica melhor desenvolvimento a uma temperatura mais elevada. Quanto à umidade, entende-se que o autor tenha mostrado os valores máximos de umidade em que ambas as espécies cresceram melhor, ou seja, não muito baixa. [Obs.: seria interessante que o autor tivesse comentado sobre a umidade testada no experimento].

Haveria outras maneiras de se representar graficamente a taxa de crescimento em função desses fatores ambientais. Programas de computador (Excel) geram vários tipos de gráficos e formas, que ilustram melhor do que a figura acima.
















Nenhum comentário: