Total de visualizações de página

26 de abr de 2012

"NOVO CÓDIGO FLORESTAL" É LEI RURALISTA

É LEI RURALISTA mesmo! em que pese a afirmação "Venceu a legalidade", da senadora Katia Abreu, Presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), essa "nova lei" é dos ruralistas e causará danos irreparáveis a muitos ambientes naturais do nosso país. Pensa ela que é "legal" perdoar desmatamentos e AMPLIÁ-LOS, permitindo devastações em margens de rios, encostas e topos de morros. Ela e a bancada ruralista estão insensíveis às tragédias que vêm se sucedendo no sul (Santa Catarina e Rio de Janeiro) e no nordeste (Sergipe, Pernambuco, Alagoas) e norte (Rondônia, Amazonas).

A Câmara dos Deputados aprovou por 274 votos a favor e 184 contrários às mutilações no Código Florestal Brasileiro. Partidos que apoiaram a bancada ruralista: PT, PV/PPS, PRB e PSOL. Partidos que votaram contra: PMDB, PSDB, PSD, PDT, PTB e PSC.

Talvez os olhares do mundo no encontro Rio +20 exerça alguma influência (ou pressão, indireta)na decisão de governo em vetar. Organizações não-governamentais e ex-ministros do meio ambiente, contrários a vários pontos anti-científicos da proposta da bancada ruralista, ainda têm esperança de vetos da Presidente, pelo menos no que diz respeito ao perdão aos desmatadores e aos desmatamentos ao longo de cursos d'água, encostas e topos de morros.

Nenhum comentário: