Total de visualizações de página

21 de jul de 2012

"GREEN BUILDINGS": EDIFÍCIOS COM SELO VERDE

Com atrativo ambiental e econômico, sobe busca de 'selo verde' em prédios
'Green buildings'; nos quais reduzem-se os custos operacionais, colaborando com a Natureza.

Busca por selo quase dobrou em 2011 e previsão é crescer mais neste ano [Reportagem do sistema Globo, divulgado em:
http://g1.globo.com/economia/noticia/2012/03/com-atrativo-ambiental-e-economico-sobe-busca-de-selo-verde-em-predios.html]

Entre 2010 e 2011, a procura pela certificação "verde" de edifícios quase dobrou no Brasil, e a expectativa é continuar crescendo em 2012. A busca é por colaborar com o meio ambiente e, de quebra, reduzir custos operacionais e melhorar a imagem das empresas – o "carimbo" garante que um empreendimento adota medidas sustentáveis e ecologicamente corretas tanto na obra como no dia a dia.

O cenário aponta para um comportamento raro, quando os interesses econômicos se unem aos ambientais. Isso porque, apesar de o custo da construção ser de 1% a 7% mais caro, em média, a valorização estimada na revenda é de 10% a 20%, além de o investimento proporcionar até 30% de redução no valor do condomínio e diminuição média de 9% no custo de operação durante toda a vida útil, de acordo o Green Building Council Brasil (GBC Brasil), que orienta a respeito do selo Leed (sigla em inglês para liderança em design em energia e meio ambiente) no país.

Criado nos Estados Unidos há 15 anos, o Leed é apontado pelo mercado como o "precursor" do setor no Brasil – o primeiro pedido para certificação em território nacional ocorreu em 2004 e o primeiro certificado foi emitido em 2007.
Dados do conselho apontam que o número de empreendimentos na fila para conseguir o certificado passou de 237 ao fim de 2010 para 434 em 2011. Até a terceira semana de fevereiro deste ano, já eram 475. A expectativa é fechar 2012 com aproximadamente 650.

O que são edifícios verdes:




Sugiro aos caros leitores acessar o ensaio que postei neste blog sobre um incentivo que as prefeituras precisam introduzir, uma vez que tanto se fala em desenvolvimento sustentável e que na prática, pouco se faz:

19/08/2009 IPTU ECOLOGICAMENTE CORRETO


- Posted using BlogPress from my iPad

Nenhum comentário: