Total de visualizações de página

17 de jul de 2012

A ENGENHARIA GENÉTICA NO COMBATE À MALÁRIA

BILINGUE

[Reproduzido de PNAS -Proceedings of the National Academy of Sciences of the USA]
[Published online before print July 16, 2012, doi: 10.1073/pnas.1204158109
PNAS July 16, 2012]


INGLÊS: Fighting malaria with engineered symbiotic bacteria from vector mosquitoes.
PORTUGUÊS: Combatendo malária com engenharia genética de bactérias simbiontes do mosquito vetor.

INGL.: The most vulnerable stages of Plasmodium development occur in the lumen of the mosquito midgut, a compartment shared with symbiotic bacteria.
PORT.: Os mais vulneráveis estádios [ou estágios] do desenvolvimento do Plasmodium ocorrem no intestino médio do mosquito, um compartimento compartilhado com bactérias simbiontes.

INGL.: Here, we describe a strategy that uses symbiotic bacteria to deliver antimalaria effector molecules to the midgut lumen, thus rendering host mosquitoes refractory to malaria infection.
PORT.: Aqui, descrevemos uma estratégia que utiliza bactéria de simbiose para despachar moléculas de efeito anti-malária ao lúmen do intestino médio, tornando os mosquitos refratários à infecção pela malária.

INGL.: The Escherichia coli hemolysin A secretion system was used to promote the secretion of a variety of anti-Plasmodium effector proteins by Pantoea agglomerans, a common mosquito symbiotic bacterium.
PORT.: O sistema de secreção da hemolisina A [= exotoxina que destroi eritrócitos] da Escherichia coli foi utilizado para promover secreção de uma variedade de proteínas com efeito anti-Plasmodium por uma bactéria comum em simbiose com o mosquito, a Pantoea agglomerans.

INGL.: These engineered P. agglomerans strains inhibited development of the human malaria parasite Plasmodium falciparum and rodent malaria parasite Plasmodium berghei by up to 98%.
PORT.: Estas linhagens de P. agglomerans obtidas de engenharia genética inibiram o desenvolvimento do parasita da malária em humanos, o Plasmodium falciparum e o parasita da malária em roedores, o Plasmodium berghei, em até 98%.

INGL.: [...] We demonstrate the use of an engineered symbiotic bacterium to interfere with the development of P. falciparum in the mosquito. These findings provide the foundation for the use of genetically modified symbiotic bacteria as a powerful tool to combat malaria.
PORT.: [...] Demonstramos o uso de uma bactéria de simbiose modificada pela engenharia genética para interferir no desenvolvimento de P. falciparum no mosquito. Estes achados fornecem o fundamento para o uso de bactérias de simbiose geneticamente modificadas como uma poderosa ferramenta para combater a malária.


[Ver assunto similar em "postagens antigas":

30/08/2011
SERÁ QUE NOSSA SALVAÇÃO DA DENGUE VIRÁ PELA BIOLOGIA MOLECULAR? BREVEMENTE?!
]


- Posted using BlogPress from my iPad

Nenhum comentário: