Total de visualizações de página

21 de mar de 2014

COMO É DIFÍCIL SABERMOS QUE ÁGUA CONSUMIMOS!!! E QUANDO SABEMOS, PERGUNTAMOS: POR QUE TEMOS QUE CONSUMIR ESSA ÁGUA???

Em São Paulo, Rio de Janeiro... João Pessoa...


Dá para beber essa água?
Anne Vigna - 20/03/14

[Veja artigo completo em www.oeco.org.br]

Em João Pessoa, um quadro resumido da água fornecida em fev/2014 (divulgado pelo Prof. Tarcísio Cordeiro, no Facebook, em 21/03/2014)

Essa reportagem foi originalmente publicada pela Agência Pública de jornalismo investigativo e republicada em ((o))eco sob a licença Creative Commons

 Tanques usados nas quatro fases do processo de tratamento de água da Estação do Guaraú, em São Paulo: coagulação, floculação, decantação e filtração (Foto: Anne Vigna)Tanques usados nas quatro fases do processo de tratamento de água da Estação do Guaraú, em São Paulo: coagulação, floculação, decantação e filtração. Foto: Anne Vigna

Pesquisar sobre a água não é fácil. Não existem leis ou regras que definam um critério uniforme para a divulgação de dados. Esperei mais de 15 dias, por exemplo, para receber as análises de qualidade para o município de São Paulo, segundo as normas da Portaria 2.914/2011, do Ministério da Saúde. Os mesmos resultados para o Rio de Janeiro estão disponíveis para consulta de qualquer pessoa no site da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae), responsável pelo tratamento de água na cidade. Não se sabe por que uma das concessionárias fornece a informação publicamente, enquanto a outra não diz nada sobre o assunto.

[Extensa e completa informação divulgada em http://www.oeco.org.br/reportagens/28113-da-para-beber-essa-agua ]

Nenhum comentário: